Desafios propostos pela equipa do CERIN ao longo do mês de Março

Durante o mês de março mantivemos em confinamento, mas mantivemos-mos juntos, através do grupo do Facebook "Cerin-Juntos em casa", onde partilhámos vários desafios. O primeiro desafio foi proposto pela fisioterapeuta Eliana Gonçalves, que propôs alguns exercícios para melhorar a posição para estarmos sentados. Ultimamente, todos nós temos passado muito tempo sentados, quer em teletrabalho, quer a ver televisão, a fazer jogos ou noutras atividades, pelo que é muito importante ter atenção à postura.

"Notícia da responsabilidade do grupo de "Divulgação e Comunicação do CERIN”

Outro desafio foi proposto pela Ângela Cação e consistia na realização de uma flor para dar as boas vindas à primavera, com material reciclado. Eu gostei de fazer esse desafio e houve muitos colegas a participar. Ficaram trabalhos muito giros e originais.

A Inês Silva publicou uma compilação de fotografias em vídeo das atividades no CERIN ao longo do ano 2020. Matámos saudades uns dos outros. Lembrámos e relembrámos os melhores momentos. Que bom que foi!

Para assinalar o Dia Internacional da Mulher, a Paula Luz, sugeriu a criação de uma flor. A Inês Silva elaborou um pequeno vídeo a explicar o significado deste dia com fotografias alusivas à comemoração da data no CERIN e a terapeuta Mariana Bento lançou a ideia de efetuarmos uma pequena pesquisa sobre a data.

Mais uma vez a fisioterapeuta Eliana Gonçalves, sugeriu um circuito de atividades diárias, desde abotoar botões de uma camisa, colocar um cinto, escrever o nosso nome, enroscar a rolha de uma garrafa corretamente. Tudo para não perdermos a prática!

Outro desafio lançado pela Inês Silva foi fazermos um esfoliante caseiro de café, para aplicarmos na pele do rosto e o resultado foi fantástico! Fiquei a saber que o café tem propriedades antioxidantes e esfoliantes, ajudando, a remover as impurezas da pele e diminuindo a oleosidade.

Foi novamente a vez da Paula Luz propor a criação de uma mandala nossa com materiais que tínhamos em casa. Este desafio deu algum trabalho, mas o resultado ficou espetacular. Cada um fez à sua maneira e os colegas fizeram mandalas lindíssimas.

Também tivemos oportunidade de ver como estava a nossa horta através de fotografias que a Fátima e a Ana Saavedra colocaram no grupo e deu para matar saudades do nosso pátio do CERIN que já cheira a Primavera com as flores a nascerem nas árvores.

A Rita Loureiro juntamente com a Fátima Pedro fizeram um desafio colaborativo em que tínhamos de adivinhar a palavra que faltava numa frase dedicada à horta, onde se podia ver um quadro explicativo da altura do ano ideal para plantar algumas espécies.

Alguns clientes do Cerin tiveram ainda visitas da equipa. A monitora Inês Silva foio levar folhas de registo diário de tarefas e refeições, para fazermos no confinamento. Fazer estes registos tem muita importância para mim pois assim sabíamos se estávamos a cumprir com as nossas tarefas diárias e se estávamos a fazer uma alimentação saudável.

A fisioterapeuta Eliana Gonçalves propôs mais um desafio para treinarmos a nossa motricidade fina, realizando num cartão uns recortes e tínhamos de entrelaçar com tiras de papel ou revistas. Para finalizarmos o mês fizemos um desafio da monitora Ângela Cação que consistia em escolhermos uma embalagem que tínhamos em casa e aprender a fazer a leitura de rótulos. Foi um desafio muito útil assim quando formos ao supermercado já podemos analisar o produto, vendo a validade, as calorias, etc.

Para matarmos saudades, a Paula Luz também publicou um vídeo com atividades da área ocupacional "Café com Afeto", foi muito bom recordar e até me vieram as lagrimas aos olhos, pois nunca pensei desemprenhar as funções na caixa do bar, atendendo aos clientes e a função de caixa.

Obrigado Cercipeniche por me ajudarem todos os dias a tornar-me mais autónomo e responsável. Foi um mês cheio de desafios espetaculares mais uma vez agradeço aos monitores e técnicos por tudo o que têm feito por nós.
Igor Neto

 

 

© Cercipeniche. Todos os direitos reservados.