“Crime, disse Alguém”

No dia 22 de maio de 2019 a Cercipeniche foi mais uma vez ao Stella Maris assistir a uma peça de teatro da Universidade Sénior de Peniche, cujo autor e encenador é o Prof. Rogério Cação. Foi uma comédia, que se chamava “Crime, disse Alguém“.

Foi uma peça em quatro atos com todo o humor que a universidade sénior já nos presenciou. O 1º ato foi a cena do crime, começou com um personagem deitado ao lado dum sinal STOP e um bêbado, o 2º ato foi na esquadra da Policia de Segurança Republicana da Buraca, o 3º ao foi na casa do falecido, estes dois atos de vez em quando eram interrompidos pelo fantasma do falecido conde, havia também em todos os atos uma senhora que se sentava a fazer a sua malha e dizia chamar-se miss Maple e que vendia chamuças, o 4º e último ato foi no tribunal, onde nestes enredos o culpado é sempre o mordomo, lá foram julgá-lo, mas afinal, o culpado foram as chamuças da tal senhora, que inadvertidamente sufocaram o falecido conde. A minha tia Isabel e o meu grande amigo Vitor, fazem parte do leque de atores. Eu adorei a acho que os meus colegas também adoraram, parabéns para a Universidade Sénior de Peniche e para o Rogério Cação.

Jorge Caetano

 

Cerisc, 2019

 

© Cercipeniche. Todos os direitos reservados.